• Kate Chang

FAQ #1 - 4

PERGUNTAS FREQUENTES Obrigada por visitar o nosso site. Recentemente, muitas marcas e designers têm feito perguntas, que descobrimos que têm sido repetidamente postas a nós por diferentes marcas, e sentimos que estas questões representam uma curiosidade coletiva. Queremos abordar publicamente estas questões aqui, numa espécie de FAQ, que iremos actualizar numa série de posts. ​ #1 - Pergunta: Vocês estão trabalhando com muitos designers, e embora eu não duvide que algumas marcas vão ter sucesso, a maioria dessas marcas provavelmente não será bem sucedida tão facilmente. Como vocês garantem os interesses desses outros designers, que não têm sucesso? Porque o contrato é perpétuo, se eu não sou bem sucedido, então eu estou preso. O que posso fazer? Resposta: Esta é uma boa pergunta. Nós concordamos plenamente que nem todas as marcas terão sucesso. Eu confio que aqueles que vão realmente alcançar um grande sucesso, que se tornam marcas realmente famosas, não será a maioria. Mas, por favor, pense sobre como devemos ver este "sucesso"? De uma perspectiva de business, para ir de uma marca desconhecida, a se tornar uma marca que a maioria dos consumidores reconhecem e geralmente gostam, isso é considerado sucesso. Mas de outra perspectiva, mesmo que algumas marcas não tenham se tornado realmente bem sucedidas ao ponto de se tornarem marcas famosas, se elas podem ganhar dinheiro, isso também deve ser considerado um sucesso. Por que pensamos assim? A razão é: Primeiramente, os clientes chineses guardaram por muito tempo um amor e admiração para as marcas de moda da Itália, França, e Europa no general. Creio que a maioria dos europeus testemunhou, com os seus próprios olhos, a vinda de turistas chineses para o continente e a compra frenética de bens de luxo. Esta é a prova que as marcas de moda na Europa têm um nível muito elevado de reconhecimento de mercado na China. Na China, existem 167 cidades com pelo menos 1 milhão de habitantes. Algumas dessas cidades têm populações que excedem 10 milhões, por exemplo, Pequim, Xangai, Guangzhou e Shenzhen, e várias outras cidades também. Isto nem sequer inclui os países vizinhos que têm cidades com população superior a 1 milhão. Por exemplo, Tóquio, Osaka, Seul, Cingapura, Kuala Lumpur, Bangkok, apenas para citar alguns, e no total, o número de cidades com população acima de 1 milhão em nosso território, é de quase 200. E assim, se nas piores circunstâncias, a coleção de uma marca parceira vende apenas uma peça, de cada estilo, a cada mês em cada uma dessas cidades, os ganhos ainda seriam bastante significativos. O que quero dizer é, se uma coleção tem 30 estilos, por exemplo, então vamos dizer que se 1 pedaço de cada estilo vende por mês em uma cidade, que é um total de 30 peças vendidas. Em um ano, seriam 360 peças vendidas. Em 200 cidades, seriam 72.000 peças vendidas por ano. Se baseado na parte da receita que devemos pagar às nossas marcas parceiras como parte do nosso acordo, então o lucro da marca, que é um lucro líquido, é realmente muito promissor. Acredito que nossas marcas parceiras podem calcular por si mesmas, o que isso poderia totalizar. Um ganho tão forte não é suficientemente grande para ser considerado um sucesso? E esses ganhos, são sem qualquer investimento financeiro feito em operações a partir da parte da marca; é um lucro puro para a marca, eles não têm que tomar o custo de amostragem, abastecimento, desenvolvimento, publicidade e promoção, ou também de inventário. O único investimento da marca, são as suas ideias e o seu tempo. Então, novamente, isso conta como "sucesso"? Acreditamos que a resposta seja um retumbante "sim". Nós confiamos que se a marca continuamente ajusta seus projetos, e segue as tendências e mudanças na China, e também coloca seu próprio talento de design e visão, a quantidade de vendas ainda tem a possibilidade de até mesmo aumentar. Como resultado, sentimos que esta é de fato uma oportunidade de cooperação muito favorável, porque o enorme mercado consumidor da China, e sua classe média em rápido crescimento, proporcionará a essas marcas a chance de se mostrarem neste enorme palco. Ao mesmo tempo, nós também confiamos que se vocês tem a paixão, e vocês realmente abraçam este mercado, na China, então não importa o que, vocês serão capaz de encontrar consumidores que correspondem com o vosso gosto, mesmo se não é a maior fatia do mercado, é o suficiente para torná-los bem sucedidos. Para entender o mercado de forma contínua e pró-ativa, esta é a única maneira de chegar lá, e se vocês entusiasticamente abraçarem o mercado, e colocarem vosso sangue, suor e lágrimas, então eu confio que o mercado da China vai definitivamente lhe dar um retorno significativo. Mais uma vez, acreditamos que o mercado da China não vai deixar nossas marcas parceiras para baixo; a menos que a marca em principio carece de sua própria paixão e determinação. ​ #2 - Pergunta: Você e sua empresa não têm nenhuma experiência em moda, como você pode fazer um projeto de moda tão grande? A moda é uma indústria que pode parecer muito simples, mas é realmente muito complicada, e detalhada. É possível que tenha subestimado a complexidade e a especialização necessárias para operar neste mercado? Resposta: Esta é também uma pergunta muito natural a fazer. Na verdade, somos uma nova empresa, e na minha experiência pessoal, como fundadora da empresa, eu tenho acumulado apenas conhecimento na lei, e venture capital. Mas neste mundo, um monte de coisas não são necessariamente tais que você tem que ter experiência a fim de ter sucesso nelas. Por exemplo, Jack Ma, que fundou Alibaba.com, não era um experto em computadores, mas criou uma das maiores empresas de comércio eletrônico na China, e no mundo. Elon Musk, por exemplo, ele não era um especialista em engenharia aeroespacial, mas ele criou SpaceX, e está se aproximando da conclusão de uma tarefa que ninguém poderia fazer antes dele, reduzindo o custo da exploração espacial com o objetivo de colonizar Marte. Steve Jobs, o fundador da Apple, revolucionou completamente a forma como os seres humanos interagem entre si com o advento do iPhone mais de uma década atrás, ele não escreveu uma linha de código ele mesmo. Estas são conquistas monumentais. Entre todos esses indivíduos, eles compartilharam habilidades de nível de gênio. Ao mesmo tempo, porém, por trás de cada história de sucesso, há, e deve haver, a força do capital para apoiá-la. No nosso caso, vamos contratar uma equipe substancial de pessoas que têm experiência específica da indústria, incluindo os especialistas em produção e abastecimento, stylists e visual merchandisers, e brand managers, e vamos na Itália, França e outros países na Europa, contratar editores e escritores de moda, para cooperar com os nossos editores na China e no resto do Extremo Oriente, para apresentar uma equipe muito profissional e experiente que irá ajudar as nossas marcas parceiras com a sua promoção e vendas, e trabalhar com nossas marcas parceiras para identificar a estratégia de sua marca. Naturalmente, existem outros métodos que iremos utilizar, destinados a compensar o facto de não termos essa experiência específica no mercado da moda. Eu quero compartilhar com cada pessoa aqui, que em Wall Street eu ouvi este provérbio frequentemente: "O capital é a entidade mais inteligente no mundo". Uma vez que decidimos investir na indústria da moda, apesar de não termos experiência em moda, na minha formação, tenho mais de 10 anos de experiencia em venture capital em diferentes países, incluindo a China, Hong Kong, Taiwan, Japão e Silicon Valley; e, claro, temos considerado as nossas fraquezas e forças. Não podemos fazer investimentos às cegas, porque, como mencionado, o capital é a entidade mais inteligente do mundo. Antes de me dedicar a esta indústria, depois de me formar na UC Berkeley, passei algum tempo a ajudar um designer emergente em Nova Iorque, o nome dele é Eddie Borgo, e isso me permitiu ter alguma visão sobre as operações e estruturas que as marcas emergentes no limiar do crescimento precisam enfrentar. ​ O resto da minha experiência profissional não tem sido na moda, mas sim no investimento e no financiamento, e como atrair capital para um projeto, e ganhar o seu apoio financeiro para o crescimento do projeto. Nisto, tenho mais de 10 anos de experiência. No campo do investimento, tenho relações muito próximas e diretas com empresas de investimento bem sucedidas, e até bilionários. Mantive uma comunicação muito boa com estas empresas e indivíduos. Como resultado, para mim, e para qualquer bom projeto que eu me deparo, se é meu, ou projeto de outra pessoa, não ter força financeira suficiente nunca vai ser um problema. ​ Talvez vocês se preocupam com o facto de, devido à grande dimensão do projecto, esse financiamento poder tornar-se um problema devido ao crescimento do projecto e poder impedir o sucesso do projecto. A minha resposta é sim, em qualquer projecto, no decurso do seu crescimento, é claro que precisa do apoio do capital, como já referi. E embora no momento, nosso projeto não tenha qualquer pressão financeira, entendemos que como o negócio cresce em tamanho, chegará um dia em que precisaremos do apoio do capital, para mim, o financiamento é a minha especialidade, e a este respeito, não enfrentamos obstáculos. Por isso, e pelos mais de 10 anos que tenho nas mãos nesta indústria de investimento, estou cheia de confiança. Com a minha convicção, qualquer bom projecto, nunca faltará financiamento. ​ #3 - Pergunta: Eu sou apenas uma das muitas, muitas marcas que você vai selecionar; eu me sinto como uma gota de água em um vasto oceano. Como você vai ter o tempo e energia para se concentrar em mim, seus recursos não serão muito diluídos? Isto parece ser um grande obstáculo para o meu sucesso. Resposta: Para responder a esta pergunta, em primeiro lugar, espero que possamos primeiro deixar claro que o nosso mercado é a China, e o resto do Extremo Oriente. Não é a Europa. A escala deste mercado, torna impossível que apenas uma marca poderia tomar todo o mercado para si. Na China, o nosso principal mercado, existem várias fases de desenvolvimento no país e não é uma sociedade homogénea. A China tem 56 minorias étnicas diferentes, falam línguas diferentes, há religiões diferentes e, na verdade, o país está em diferentes estágios de desenvolvimento econômico. Há uma enorme variação. Uma vez que o desenvolvimento económico do país é desequilibrado, o nível dos consumidores também é diferente; ao mesmo tempo, as suas actividades, os seus gostos e preferências, também vão ser naturalmente bastante diferentes. Em suma, este mercado tem várias necessidades em diferentes níveis, e diferentes gostos e preferências, e até mesmo poder de despesa diferente; identificámos marcas que acreditamos que podem satisfazer as necessidades em cada um destes diferentes níveis e gostos e preferências, e diferentes níveis de poder de compra. Para cada uma das marcas com as quais estamos a cooperar, temos a certeza de que cada uma delas pode encontrar o seu lugar e conquistar a sua quota de mercado neste enorme mercado, e ganhar o respeito e o amor dos consumidores em relação aos seus designs. Na verdade, acreditamos fortemente que nenhuma marca que se junta a nós, poderia diminuir o talento ou valor do outro, ou deixar o outro perder o seu brilho. Nenhuma inclusão de outra marca, poderia fazer com que uma marca desaparecesse no escuro, ou passar despercebida pelo mercado. Este não é um jogo de soma zero. O mercado é grande de mais, e cada marca terá de seguir uma abordagem separada e distinta, e a estratégia será diferente, naturalmente. Se as marcas estão cheias de confiança no seu próprio ponto de vista único, e cheias de paixão e entusiasmo, e estão dispostas a fazer um esforço para comunicar a sua visão de marca, então acreditamos plenamente que a luz delas irá brilhar neste mercado. O fato é que com base no senso comum, nenhuma marca pode ganhar o amor de todas as pessoas. Encorajaria cada marca, ou leitor, a não pensar com uma perspectiva puramente europeia, porque isso poderia conduzir a erros de julgamento. Por favor, tentem imaginar isso a partir da perspectiva do nosso mercado - é realmente muito, muito grande e variado. Por favor, imaginem também, se cooperarmos com apenas algumas marcas, isso causaria problemas para a estratégia geral e aquisição de clientes, para cada uma dessas marcas. Apenas com uma grande quantidade de marcas, os consumidores realmente visitaram, e até mesmo permaneceram, com cada marca individual. Então, como deixamos que os consumidores queiram ouvir a história dessas pequenas marcas, vocês podem perguntar, quando há tantas delas no mesmo espaço? Na verdade, aqui reside uma parte fundamental da estratégia. Estes grandes números de outras marcas, vai ajudar cada marca individual a se destacar, e ser notada. Este é o mesmo conceito de quando se vai às compras. Preferiria a maioria das pessoas ir a uma loja em uma rua com nada mais, alem d’aquela loja, ou a maioria das pessoas prefeririam ir a um movimentado distrito comercial, onde existem ruas com várias lojas diferentes? Acho que a resposta é bastante óbvia. Não importa se falamos de moda, ou restaurantes, ou outros tipos de experiências de consumo, este impulso é universal, mesmo quando se trata de comércio eletrônico também. Cada restaurante quer abrir ao lado de áreas onde há um monte de outros restaurantes, apesar da concorrência, porque esse é o local que as pessoas vão pensar para ir, quando eles estão com fome. Isso faz com que a exposição do restaurante suba muito rapidamente; alguns clientes podem não ir dentro do restaurante hoje, mas eles podem optar em fazer isso amanhã. Da mesma forma, quando se trata de e-commerce, e lojas virtuais, ninguém estaria interessado em ver um site com apenas 20 marcas; eles querem vir para um site com muitas opções, para que eles possam fazer a sua seleção. Isto prova ainda mais os pontos que quero salientar, ou seja, o poder de atrair os consumidores reside plenamente na quantidade de opções e de escolhas que podemos oferecer ao consumidor, de modo a que ele possa ter uma vasta experiência. Em qualquer indústria, este conceito é o mesmo. É por isso que criamos supermercados, por isso criamos Amazon, e Alibaba. Qualquer marca, por causa do fato de que eles são na Amazon ou Alibaba, vai experimentar um grande aumento em suas vendas. O fato que há muitas outras opções nestas plataformas, não tera um impacto negativo no crescimento dessas marcas. Se cooperarmos com apenas 20 marcas, por exemplo, em um mercado com quase 2 bilhões de pessoas na região, quem realmente se importaria ou prestaria atenção às nossas 20 marcas? As marcas com que cooperamos, suas histórias não são longas, e eles não têm o legado estabelecido ainda, e não tem a história construída ao longo do tempo que as marcas mais estabelecidas têm, por isso, é muito difícil criar esse tipo de base inabalável como uma marca reconhecida em um curto espaço de tempo. Da mesma forma, o que eu gostaria de perguntar, é para um jornalista com uma publicação da indústria mundialmente famosa como Vogue, eles estariam dispostos a ir para uma plataforma com muitas, muitas marcas, para procurar as próximas estrelas da moda, ou preferem cingir-se às mídias sociais e a outras vias, para encontrar marcas que podem ainda não ser amplamente conhecidas? É bastante claro, que eles apreciariam e viria a uma plataforma que tem muitas marcas, e observar a reação dos consumidores, e como eles se apresentam, juntos nesta plataforma. E a partir daí, eles podem pensar como caracterizar cada uma dessas marcas em sua publicação. Por favor, imagine, se no futuro, quando lançarmos nossos próprios eventos de moda e shows para esta região, se tivermos apenas 20 marcas, versus, se tivermos várias centenas de marcas para mostrar a este mercado enorme, as pessoas gostariam de vir para o nosso evento por apenas 20 marcas, ou pela promessa de várias centenas de potencialidades que poderiam despertar o seu interesse, disputando a sua atenção? Acredito que a resposta também é muito óbvia. Gostaria de pedir a cada marca para também se perguntar, que no caso acima, sua própria exposição seria aumentada, ou reduzida com a participação de mais marcas parceiras? Nesses eventos, considere, quantas pessoas viriam, se apenas 20 marcas estivessem sendo exibidas, contra várias centenas? Então a exposição de cada marca aumenta ou diminui potencialmente, com estes números maiores de marcas a bordo? Temos confiança nas marcas que selecionamos, porque entendemos quais são as necessidades deste mercado. E assim, acreditamos que na China, e no resto do Extremo Oriente, há aquelas pessoas que vão gostar do que cada marca apresenta. Através de nossas interações com cada uma dessas marcas, ao longo de uma longa comunicação, temos a confiança de que essas marcas podem ser bem sucedidas, junto com nossos esforços. Por favor, entendam também que se nossas marcas parceiras não forem capazes de ter sucesso, os primeiros a perder seremos nós. Nós não vamos pedir qualquer de nossas marcas parceiras para taxas ou dinheiro, não hoje, e nem nunca; os custos de operação caem em nossos ombros, a partir da amostragem, abastecimento, desenvolvimento, produção, custos de promoção e venda e muito mais. Por isso, importa-nos ainda mais que cada marca alcance o seu sucesso o mais cedo possível, neste nosso mercado. Pegamos cada marca parceira com o mesmo nível de seriedade e entusiasmo - e vamos dedicar tempo a cada um para o planejamento e estrategização; se não fizermos isso, estamos apenas tomando ações que eventualmente nos prejudicariam. Nós compreendemos profundamente como é importante comunicar com a marca, e chegar a um entendimento mútuo através dessa comunicação, e como isso é crucial para promover a estratégia da marca. Como resultado, iremos prestar toda a assistência e aconselhamento que pudermos e trabalhar em estreita colaboração com cada um delas, ajudando-as a atrair a atenção destes potenciais consumidores. Usando vários métodos, nós deixaremos cada um de seus fans sentir os princípios da moda e o pulso dessa marca que vieram admirar. Isto é do nosso interesse, e o interesse da marca, é o nosso interesse mútuo. Espero que quem esteja lendo isto, e qualquer marca com que tenhamos entrado em contacto, compreenda ainda mais a nossa abordagem com estas explicações. Esperamos também, que eles possam entender por que, cooperar com outras marcas não iria prejudicar o nosso foco, e não nos levaria a negligenciar qualquer marca parceira. Porque para nós, o que queremos fazer, é que cada flor neste jardim tenha a oportunidade de florescer livremente, para tentar emocionar o seu público com a sua beleza, estética e seu impacto. Este é o nosso objetivo, e é novamente onde está o nosso interesse. Portanto, não é a adição de mais marcas que prejudicaria as chances de qualquer marca; mas sim, a própria perda de confiança da marca, ou paixão, que faria com que ela possa vacilar. Sabemos que nem todas as marcas alcançarão sucesso imediato. Haverá muitas marcas que irão deparar-se com dificuldades e pontos baixos. Podemos prever isto completamente. Mas também sentimos que enquanto permanecermos convictos, que os princípios de moda das marcas com que nos associamos têm a capacidade de invocar uma reacção emocional, de alguma forma emocionar estes consumidores na nossa região, então podemos permanecer firmes no nosso entusiasmo pela marca, e trabalhar continuamente com a marca, trocando informações e comunicação, para continuar a melhorar, apresentar e difundir a sua mensagem para o seu público. Nestas circunstâncias, acreditamos que, em última análise, podemos gradualmente aproximar a distância entre os consumidores e a marca, e transformá-los em fãs, e até mesmo criar uma espécie de admiração fervorosa para a marca. É um trabalho muito complicado e meticuloso. Temos uma paixão por este trabalho, e sentimo-nos animados por ter a oportunidade de fazer este tipo de trabalho. Como resultado, estamos cheios de entusiasmo, e vamos manter para sempre esta energia. Esta é uma base importante sobre a qual, enquanto constantemente se ajustam e se adaptam ao mercado, nossas marcas parceiras podem alcançar sucesso em nossa região. Então, sentimos que quantas mais marcas que sentimos que têm bom potencial para ser amadas em nosso mercado que temos a bordo, maior será a nossa exposição neste mercado. Porque os consumidores de diferentes níveis, e regiões, estarão dispostos a visitar as nossas lojas offline e online, e como resultado, para cada uma das marcas com quem temos parceria, a sua exposição vai aumentar também. E devido a este aumento da exposição, há um impacto positivo inegável em ajudar cada marca a aumentar o seu valor no mercado. Ao mesmo tempo, acreditamos que, devido à enorme escala do próprio mercado, este pode, sem dúvida, absorver e assumir a presença dessas várias centenas de marcas no mercado. Cada uma destas marcas desempenha papéis diferentes neste mercado, e como resultado, estamos fortemente convencidos de que quantas mais marcas que correspondem às várias necessidades do nosso mercado se juntam a nós, mais seria uma vantagem, e não negativo, para as marcas com as quais já estamos em parceria. Ao mesmo tempo, devido à adição de muitas marcas, naturalmente, haverá aprendizagem e competição entre todos. Isso vai estimular a "alma" de cada marca, para realmente cavar fundo, e criar moda ainda mais espetacular, para ser ainda mais amada. Acreditamos fortemente que isso irá estimular a melhoria e crescimento de cada marca. É claro, não vamos continuar a adicionar marcas sem fim; assim como eu tinha escrito em uma atualização prévia, quando sentimos que há muitas marcas que representam um segmento ou estética, vamos parar de adicionar mais nessa categoria. Vamos reavaliar em 3 a 5 anos, e mais uma vez procurar marcas potenciais, porque naquele momento, a perspectiva de moda, tendências e até mesmo princípios podem ter mudado, e novos conceitos vão aparecer. Espero que esta explicação possa responder muito exaustivamente a qualquer questão potencial a este respeito. Ao mesmo tempo, se qualquer marca tem uma opinião diferente, eu também estou muito disposta a ter uma discussão detalhada em privado ou por telefone. ​ #4 - Pergunta: Como posso ter certeza de que você está falando a verdade sobre o quanto você está produzindo e vendendo, e não esconda os números reais a fim de me pagar menos do que o que eu ganhei? Não compreendo a China e não tenho a capacidade de verificar o quanto produziu ou vendeu realmente. Nestas circunstâncias, como posso não me preocupar, e como posso proteger os meus interesses como marca? Resposta: Nós entendemos plenamente essas preocupações; e se os papéis fossem invertidos, teríamos também as mesmas preocupações. Em primeiro lugar, quero explicar que todos os produtos vendidos, os estilos e quantidades e os preços, estarão disponíveis para vocês verem através da nossa plataforma de gestão, depois de ter entrado com vossa senha, vocês serão capazes de ver todas as informações sobre suas vendas e produção. Assim, vocês nunca terão que esperar por um relatório de venda no final da temporada, vocês poderão ver imediatamente e a qualquer momento como está indo a marca. Pretendemos ser totalmente transparentes. Mas apesar disso, vocês podem se preocupar que podemos pegar seus designs e secretamente produzir mais peças ou vendê-las sem o vosso conhecimento, sem publicá-lo na plataforma, e eu acho que estes são pontos muito válidos. Nós poderíamos potencialmente fazer isso, a verdade é, não há nenhuma maneira infalível para vocês saberem, se podemos ou não estar fazendo isso. No entanto, a verdade é que temos colaborações com várias centenas de designers. Se fizéssemos isso apenas uma vez, violando a confiança de uma marca, vocês acham que, quando isso for descoberto, nosso business ainda sobreviveria? Certamente não, porque nenhuma outra marca confiaria em nós novamente. Todo o nosso esforço, tempo, dinheiro e investimentos na construção deste projecto, na contratação do nosso pessoal, na nossa gestão, tudo seria desperdiçado, porque perderíamos a confiança das nossas marcas; deixariam de trabalhar connosco, e a força vital do nosso negócio seria cortada. Perderíamos tudo e teríamos que fechar. Vocês acreditam que eu, ou qualquer um, faria qualquer coisa que arriscaria tal investimento, para algo com tão pouco ganho potencial em termos relativos? Eu tentaria evitar pagar qualquer marca seus lucros acordados, com o risco de perder toda a reputação do nosso business e seu futuro? Se estivesse no nosso lugar, faria isso? Penso que não, e penso que ninguém no mundo o faria, porque é contra a natureza humana arriscar tudo o que temos, para ganhar algo que, por comparação, é muito pequeno. Nosso objetivo em investir em cada marca é crescer com eles, construir marcas mundialmente reconhecidas juntas ao longo do tempo, e isso é algo que requer uma base muito forte de confiança e comunicação. Se quebramos isso, é o fim para o nosso negócio, por isso não vale a pena para nós. Como resultado, a menos que sejamos completamente loucos, não faríamos algo tão tolo, que prejudicaria nossos próprios interesses, e destruiria nosso próprio negócio e reputação. O que ganharíamos, comparado com o que poderíamos perder, é completamente desproporcionado neste caso, e por causa disso, estamos muito claros de que não vamos nos envolver em tal comportamento. Melhores cumprimentos,

Kate Chang CEO

Recent Posts

See All

ATUALIZAÇÃO #8 - 4 de agosto 2020

Neste mês de Agosto, a YMYX e a nossa equipa estarão em Milão para se encontrarem com cerca de 500 marcas e várias centenas de fábricas e...

goinghome.gif

© 2020 YMYX