• Kate Chang

FAQ #10

PERGUNTA FREQUENTE #10 - P: Por que a YMYX decidiu cancelar a cooperação comigo, mesmo que eu queira continuar a cooperação, e eu simplesmente não tenho o dinheiro agora para registrar minha marca?


R: Recentemente, começamos a notificar alguns designers parceiros que gostaríamos de cancelar a colaboração entre nós, por que, para cancelar um acordo que já foi assinado e entrou em vigor, requer o consentimento de ambos os lados. Estes com quem temos cancelado, são designers que ainda não começaram a iniciar o seu processo de registro, apesar de ter sido confirmado como um parceiro e assinou o nosso contrato à algum tempo. Há apenas poucos designers nestas circunstâncias. Mas seja que for uma falta de forte sensibilidade ou seriedade para proteger a sua própria marca em nosso mercado, ou eles realmente estão passando por dificuldades financeiras, se um designer não consegue fazer um registro, não seremos capazes de trabalhar com eles, e levar a marca para nossos mercados.


Assim como escrevi aqui publicamente muitas vezes, a violação de trademark é um problema sério na China, e até uma empresa tão grande e poderosa como a MUJI ainda vai ter problemas com isso na China, por não ter feito os procedimentos preparatórios necessários para a marca na íntegra.


Eles talvez sentiram que eles eram uma marca muito grande, todo mundo já os conhece, e eles negligenciaram a importância deste registro. No final, a marca foi pré-registrada em algumas categorias-chave de produto por uma empresa praticamente desconhecida, "Hainan Nanhua", que depois transferiu a propriedade intelectual para outra empresa pouco conhecida chamada "Beijing Cottonfield Teztile Group"; ambos então uniram forças para processar conjuntamente a MUJI por violação de marca, e venceram, na corte chinesa. A MUJI teve de enfrentar as consequências da violação dos direitos de marca da empresa de Pequim. O tribunal chinês ordenou à MUJI que pagasse a esta empresa chinesa uma forte sanção financeira, além de ter que se desculpar publicamente com eles em um jornal por ter violado sua marca, e também garantir que a MUJI não mais usaria essa marca.


Não esperamos ver que os designers com quem trabalhamos, um dia, consigam um grande sucesso na China, e nessa altura, a sua marca será reconhecida por muitos, muitos consumidores, muitos fãs, e, de repente, outra empresa surge e processa a nossa marca parceira por infringir o seu trademark, causando danos irreparáveis e perda de reputação e lucros da marca.


A provação da MUJI deveria deixar-nos ver claramente, que a insistência da nossa empresa a este respeito foi inteiramente correcta.


Nós preferimos esperar até que os registros tenham sido concluídos para nossas marcas parceiras, e oficialmente começar quando prontas e protegidas, do que ir despreparados.


Novamente, não somos apenas uma empresa tentando vender algumas roupas e coleções. Muitos showrooms que vieram a China da Europa, montam operações em nosso território e exibem coleções de qualidade muito alta, mas ainda não são marcas europeias famosas. Eu convido qualquer um que tem interesse em fazer um pouco de verificação, e ver, qual dessas marcas sendo mostradas nesses showrooms, verdadeiramente "conseguiu" ser uma marca de sucesso em nossa região? Alguns têm sido relatados em prensa, mas não tem impulsionado as vendas e não deixou uma impressão indelével, e duradoura na mente dos consumidores. O valor da marca também não aumentou significativamente como resultado disso.


O que pretendemos fazer é um esforço a longo prazo, desde estabelecer a marca, apresentá-la, e os princípios de moda do designer, e criar um sentimento de reconhecimento e proximidade entre o consumidor e a marca, a partir do qual vamos impulsionar as vendas da marca. Como resultado, é muito importante registrar a marca. Sem isto, quero perguntar, o que é exatamente que os consumidores estão reconhecendo quando compram seus produtos como uma marca parceira?


Eles reconhecem a marca, mas o proprietário dessa marca, na verdade, não é o criador por trás da marca - é outra pessoa, um terceiro não relacionado. Quando esta incongruência aparece, causará um grande dano à imagem da marca. É claro que não podemos garantir que temos a capacidade de deixar cada uma de nossas marcas de parceiros se tornarem famosas no Extremo Oriente e alcançar grande sucesso, mas este é o objetivo para o qual estamos nos esforçando. Pelo menos, esperamos e acreditamos, que podemos fazer com que nossos designers parceiros ganhem dinheiro real em nosso território. Basta pensar, se o business de uma marca está começando a crescer, pouco a pouco avançando para cima, mas então, alguém vem do nada e acusa a marca de violar seus direitos de propriedade intelectual, então isso vai causar danos irreparáveis para o proprietário da marca, e para nós como uma empresa, e esse resultado seria inaceitável para ambos. Como resultado, todas essas marcas que estão se juntando a nós, exigimos que elas imediatamente tomem medidas, e registrem suas marcas em nosso mercado. Estou bastante satisfeita, que entre todos os nossos designers parceiros, 99,99% dos nossos designers parceiros já apresentaram as inscrições de registro, e muitos até obtiveram aprovação para alguns dos territórios como Hong Kong, Macau e Taiwan, e apenas aguardam a aprovação final da China. Há apenas alguns designers, nos dígitos únicos, que por várias razões, ainda têm de começar este processo. Já enviámos a alguns deles uma notificação de cancelamento do nosso acordo.


Na próxima semana, vamos enviar as notificações restantes para o cancelamento.


As escolhas que podemos dar a esses designers, é simplesmente para registrar imediatamente, ou, cessar imediatamente a cooperação.


Esperamos também que cada um destes designers possa concordar com estes cancelamentos, porque o contrato é assinado por ambas as partes, e do nosso lado, não podemos cancelar o contrato sozinhos, vai exigir a assinatura de um formulário de consentimento separado para cancelar o acordo. Só nestas circunstâncias poderemos efectivamente rescindir o contrato. É claro que, no formulário de consentimento de cancelamento do contrato, haverá algumas restrições para qualquer das partes, incluindo o fato de que não podemos continuar a usar a propriedade intelectual do designer, nem pode o designer entrar em nossos mercados para marketing e promoção, por um determinado período de tempo. 


Esta não é a nossa escolha ideal, mas se não cancelarmos a cooperação com designers que não registam as suas marcas, então este tipo de contrato não tem significado; porque sem um registo em vigor, mais uma vez, não tomaremos quaisquer medidas no nosso mercado para promover a marca.


Atenciosamente,


Kate Chang

CEO

Recent Posts

See All

ATUALIZAÇÃO #8 - 4 de agosto 2020

Neste mês de Agosto, a YMYX e a nossa equipa estarão em Milão para se encontrarem com cerca de 500 marcas e várias centenas de fábricas e...

goinghome.gif

© 2020 YMYX